O Brasil está preso na armadilha da renda média

Na armadilha de renda média um país atinge o ponto de Lewis e esgota seu estoque ocioso de mão de obra antes de atingir um estágio de sofisticação produtiva minimamente decente. Vale dizer, ocupa seus trabalhadores em atividades de baixa produtividade (especialmente serviços não sofisticados) graças à baixa complexidade de seu sistema produtivo (digamos um […]

Big Data aplicado ao estudo do comércio internacional

O termo Big Data vem sendo utilizado atualmente em diversos contextos para descrever a crescente explosão de dados disponíveis no universo digital. O Big Data, na sua raiz, trata de um grande volume de dados com grande velocidade. Em economia talvez o primeiro e mais relevante banco de dados de Big Data criado seja o Atlas […]

A rede global de patentes: manufaturas dominam

A rede acima apresenta um mapa global de 6 milhões de patentes que caracterizam a proximidade e dependência entre áreas tecnológicas. Aborda a estrutura tecnológica incorporada na rede de conexão entre patentes. A distância entre as áreas de tecnologia baseia-se na análise da co-ocorrência de códigos IPC atribuídos aos documentos de patente individuais. A classificação […]

Tres pequenos países ricos e complexos: Austria, Suíça e Finlândia

A aldeia austríaca de Donawitz tem sido um centro de fundição de ferro desde o século 14, quando o minério era escavado de minas esculpidas nos picos nevados nas proximidades. Ao longo dos séculos, Donawitz desenvolveu-se como o centro de produção de aço do Império Habsburgo e, no início dos anos 1900, tinha a maior […]

A estrutura de empregos no mundo em 2010: o que fazem os ricos e os pobres?

Um gráfico para entender a riqueza e pobreza das nações de forma simples. As barras no fundo são a composição setorial do emprego para 2010 segundo a base GGDC (http://www.rug.nl/ggdc/productivity/10-sector/). A ordenação no eixo x segue a renda per capita real medida em PPP (http://data.worldbank.org/indicator/NY.GDP.PCAP.PP.CD) para 2010 e a linha do gráfico representa a complexidade […]

O novo normal do Brasil

O mundo desenvolvido não consegue crescer na velocidade de outros tempos, o desemprego europeu é enorme, os empregos criados nos EUA desde 2008 remuneram mal e a participação dos americanos na forca de trabalho ainda e’ baixa para padrões históricos. Os países emergentes não conseguem crescer para atingir o grupo de economias desenvolvidas: Brexit e […]

Formigas, cigarras e gafanhotos na economia mundial

Martin Wolf, hoje talvez o mais importante colunista do Financial Times deu certa vez uma curiosa explicação sobre a situação do mundo hoje. Sua história começa com o conto das cigarras e formigas adaptado aos dias de hoje. As cigarras são o povo americano que não param de consumir, as formigas, os asiáticos, que produzem […]

Um mundo afogado em dívidas

O mundo desenvolvido não consegue crescer na velocidade de outros tempos, o desemprego europeu é enorme, os empregos criados nos EUA desde 2008 remuneram mal e a participação dos americanos na forca de trabalho ainda e’ baixa para padrões históricos. Os países emergentes não conseguem crescer para atingir o grupo de economias desenvolvidas: Brexit e […]

Política cambial e Desenvolvimento Economico na China

O câmbio subvalorizado chinês foi parte de uma estratégia que vem dando certo já desde os anos 80. Ao promover a competitividade de seus produtos, o governo chinês foi capaz de implementar, junto com outras políticas, um enorme upgrade na indústria. Esse modelo de crescimento puxado por exportações tem funcionado muito bem, como aliás funcionou […]

A economia da bolha

Numa típica bubble economy os preços de imóveis disparam, a bolsa sobe muito e o déficit em conta corrente abre. O câmbio sobrevaloriza. Os não-transacionáveis (terra e trabalho) ficam muito caros e os transacionáveis manufaturados do exterior (carros, eletrônicos, geladeira, fogão) ficam muito baratos em relação aos da indústria doméstica. As importações voam e as […]

Regressão tecnológica no sul da Europa

Os mapas de exportação abaixo, retirados do Atlas da Complexidade Econômica (http://atlas.media.mit.edu/), mostram que houve uma importante regressão tecnológica na estrutura produtiva de Portugal, Espanha, Itália, Grécia e França desde a introdução do Euro. Todos esses países caíram de forma importante no ranking que mede a sofisticação relativa de seus tecidos produtivos entre 2000 e […]