O Brasil depende da China

China: crédito farto, juros baixos, excesso de confiança, alavancagem e endividamento das famílias, bancos e governos locais, má alocação de capital e excesso de capacidade, euforia. Todos os asiáticos de rápido crescimento já tiveram suas bolhas (Japão 1990, Tailândia-Coreia-Malasia-Indonesio 1997). Será que a China terá sua? E o Brasil? Como se sairia numa situação dessas? […]

Juro alto no Brasil: fim de um tabu?

A crise de 2012 criou uma oportunidade única para o Brasil corrigir uma de suas maiores anomalias macroeconômicas: o juro real de curto prazo desproporcionalmente alto. O grande temor por aqui sempre foi que o juro baixo causaria crescimento explosivo e descontrole da inflação, especialmente por conta do excesso de gastos do governo que pressiona […]

O truque de Draghi

Mario Draghi anunciou, finalmente, seu plano para salvar o EURO: compras ilimitadas de títulos de curto prazo dos PIGS no mercado secundário sujeitas a condicionalidade de tomada de empréstimos do FMI/comunidade europeia. Inaugurou uma solução com jeitinho italiano. Não viola os tratados do BCE, que impedem compras de títulos com emissão primaria mas, por outro lado, […]

A penitência da conta corrente em 2012

Desde que comecei a acompanhar o cenário macro brasileiro nunca vi uma situação tão boa do ponto de vista de indicadores macro. Nível de reservas, relação dívida PIB, dívida externa/exportações, etc…Será que estamos em condições de responder a mais essa rodada de crise? O que pode dar errado? Há motivos para penitência? Tenho me debatido […]