A mineração não emprega ninguém

Em 2014 o Brasil representou 24% de um mercado de 140 bilhões de dólares de minério de ferro. Em termos de participação no PIB brasileiro o minério de ferro chega próximo a 1,5%. Se dobrássemos nossa participação nesse mercado, grosso modo, ganharíamos mais 1,5% percentuais de PIB. Ou seja o tamanho do mercado mundial limita […]

O mar de dívidas

Um dos maiores legados da crise de 2008 foi um mar de dívidas por todo o mundo, especialmente o mundo rico. Os EUA já vinham se endividando a partir do setor privado com a criação da bolha imobiliária. O estouro das bolhas ponto com em 2001 e da bolha dos imóveis de 2008 forçou um […]

O colapso dos juros na Alemanha 2014

Em 2015 os juros de longo prazo na Alemanha derreteram: mínima histórica nos títulos de 10 anos (0,30% ao ano) e de 30 anos. O derretimento dos preços do petróleo somado ao fim do boom de commodities provocou uma onda deflacionária ao redor do mundo. Os mais de 5 trilhões de dólares emitidos por Bancos […]

Superciclos de liquidez

Os grandes movimentos de preços de ativos são, no fundo, reflexos de superciclos. Os mais tradicionais são os de liquidez e de commodities. Hoje vivemos um superciclo de expansão de liquidez por conta das respostas à crise de 2008 e um superciclo de aumento de preços de commodities devido à entrada de China e Índia […]

A volta do juro neutro

Qual a taxa de juros neutra da economia brasileira? Qual nível de SELIC é compatível com o crescimento dentro do potencial sem gerar inflação? O represamento do preço de combustíveis e energia e uma possível desvalorização do câmbio no médio prazo para corrigir o desequilíbrio na conta corrente apontam para inflação acima do teto da […]

A soja não salva

O grafico acima mostra o valor total de soja em grãos exportado em 2014 e os principais players do mercado mundial. O Brasil ocupa lugar destacado com 40% do mercado. A tabela abaixo mostra a divisão do PIB brasileiro de 2015 (5 trilhões de reais) divido em seus vários subsetores. A agropecuária representou 5,2% do […]

Crise na Europa: o velho problema da sobrevalorização cambial

No antigo regime do padrão ouro, sempre que uma moeda ficava muito valorizada o ajuste deveria ser feito via deflação de preços. Ou seja, a alta cotação da moeda doméstica em relação ao ouro e demais moedas do mundo deveria ser corrigida por uma queda de preços internos. Essa excessiva valorização da taxa de câmbio […]

Uma crise em várias rodadas

A rigor a crise americana começou no final de 2007. Me lembro bem daquela capa da revista The Economist com um tubarão nadando embaixo da frágil economia, pronto para atacar. Se bem me lembro a capa era de novembro de 2007 e acertou em cheio na previsão da crise. No final desse ano o preço […]

A exaustão do ciclo CCC no Brasil (Crédito, Commodities e Consumo)

O ano de 2015 marcou o final do longo processo de crescimento no Brasil baseado no modelo CCC (crédito, commodities e consumo) iniciado ainda em 2003, e potencializado por políticas anticíclicas no pós-crise de 2008. A forte alavancagem das empresas e famílias brasileiras será revertida nos próximos anos com consequente redução geral de endividamento; os […]