Sobre a análise grafista na bolsa

Keynes escreveu no capítulo 12 da Teoria Geral que uma boa metáfora para entender o funcionamento do mercado acionário é a do concurso de beleza dos jornais da época. Um concurso onde ganha quem acertar quais são as mulheres mais bonitas de uma lista segundo a votação da maioria das pessoas numa enquete promovida pelo […]

Keynes: trader, especulador e investidor

Além de ter sido o economista mais importante do século XX, John Maynard Keynes fez uma pequena fortuna no mercado acionário, numa de suas facetas pouco conhecidas por analistas e estudiosos do tema. Em 1946, 5 meses depois de sua morte, os números de seu patrimônio vieram a público: 480,000 pounds da época ou o […]

O beco sem saída dos recursos naturais

Alguns países tem uma base de recursos naturais desproporcionalmente grande em relação ao tamanho da população. Nesses casos e’ possível produzir uma alta renda per capita com baixa complexidade econômica, ou seja, sem sofisticação do tecido produtivo. Alguns desses países foram alem da simples extração de recursos naturais e conseguiram desenvolver um setor de serviços […]

Viva os retornos crescentes!

As maiores fortunas na bolsa brasileira foram feitas com fábricas. Plascar, Forjas Tauros, Weg, Embraer estão entre as empresas que tiveram seu valor em bolsa multiplicado por múltiplos de 5, 10, 20 e até 100x. As empresas industriais têm uma característica comum não encontrada na maioria das empresas do setor de serviços ou no agronegócio, […]

Breve histórico da taxa de juros real no Brasil

O gráfico acima mostra a evolução de nossa taxa de juros desde o início do plano real. A fase de 96-99 exibe a maior média do período. Começamos o plano real com SELIC acima de 50% ao ano para conter o excesso de aquecimento da economia no contexto do plano de estabilização. As crises da […]