Riqueza das Nações = Estrutura Produtiva

O gráfico acima mostra a estrutura produtiva de diversos países em 2010. No eixo Y temos a porcentagem dos empregos de um país em atividades manufatureiras e de serviços empresariais (http://www.rug.nl/ggdc/productivity/10-sector/). No eixo X a complexidade produtiva de cada país medida a partir da diversidade e ubiquidade dos produtos encontrados em suas pautas de exportação (http://atlas.cid.harvard.edu/). O […]

Trump contra o “novo normal”

A vitória de Donald Trump para o cargo principal da maior economia do planeta não estava no radar dos institutos de pesquisas qualificados, das principais casas de análise, dos veículos de imprensa e de analistas do mercado financeiro. Surge, então, o paralelo óbvio com o evento recente do Brexit, a saída do Reino Unido da […]

A economia do shopping center: para entender o Brasil dos últimos anos

Uma das atividades que mais se expandiu no país dos últimos dez anos foi o varejo de shopping center, uma verdadeira paixão nacional, de preferência com dívida. Dúzias e duzias de shoppings foram abertos com suas respectivas n lojas em várias categorias (moda, eletrodomésticos, móveis, brinquedos, restaurantes, cabelereiros). O consumo cresceu, o PIB aumentou e […]

A superfície do Desenvolvimento Econômico

O gráfico acima mostra a superfície do desenvolvimento econômico. No eixo X temos a porcentagem dos empregos de um país em atividades manufatureiras e de serviços sofisticados (http://www.wiod.org/new_site/home.htm). No eixo Z a complexidade produtiva de cada país medida a partir da diversidade e ubiquidade dos produtos encontrados em suas pautas de exportação (http://atlas.cid.harvard.edu/). No eixo […]

A corrida industrial: “ganhadores” e “perdedores” da globalização

Existe um ditado tibetano que diz que a chave que abre a porta do céu é a mesma que abre a porta do inferno. A globalização funciona de forma similar: aqueles que abriram a porta certa estão muito bem obrigado. Aqueles que abririam a porta errada afundam nas entranhas do purgatório. Os gráficos abaixo mostram […]

Coreia do Sul x Brasil: educação ou complexidade?

Por que o aumento de anos de estudo no Brasil não se converteu em aumento de produtividade como na Coreia do Sul? A resposta e’ simples: a complexidade produtiva afundou no Brasil e disparou na Coreia do Sul. Os mapas abaixo mostram a evolução da estrutura de empregos e composição das exportações nos dois países. Os […]

Antonio Serra explica a riqueza de Veneza e pobreza de Nápoles nos 1600

Veneza se tornou poderosa aos olhos de Antonio Serra, porque conseguiu criar um cluster de indústrias, inovação, comércio e pessoas qualificadas, num processo de cumulação causativa a la Myrdal. Estes fatores juntos colocaram Veneza numa trajetória diferente daquela em que Nápoles se encontrava. Para A. Serra, Nápoles não seria capaz de resolver seus problemas econômicos […]

Regressão da complexidade nos EUA: para entender Trump

Os EUA que já tiveram 20 milhões de trabalhadores empregados em manufaturas migraram também para um perfil de serviços financeiros e empresariais, apesar de que o contingente de pessoas empregadas em serviços não sofisticados nos EUA tem crescido de forma rápida. Os tipos de ocupação e de atividades produtivas têm produtividades do trabalho muito distintas. O […]

Como os países ricos ficaram ricos? E por que os pobres continuam pobres?

Não poderia ter saído em melhora hora a versão em português do livro mais importante de Erik Reinert (editora Contraponto). Trate-se de um dos melhores livros já escritos sobre a história e a teoria do desenvolvimento econômico. Em tempos de vitória de Trump e Brexit não custa repetir uma frase dita ad nauseam nos anos […]