Raio X das contas publicas no Brasil

O Gráfico abaixo mostra um raio-x das contas públicas brasileiras. As três grandes contas da república são previdência do sistema INSS (aproximadamente 35M de pessoas), previdência do setor público (aproximadamente 1M de pessoas) e juros da dívida (bancos, fundos de investimento e de pensão públicos e privados). Somando essas contas chegamos a 17% do PIB. […]

Produtividade intra-setores e entre-setores: ou por que o trabalhador industrial é mais produtivo do que o cabeleireiro?

Rodrik traz uma perspectiva muito relevante para o estudo da produtividade em países emergentes. Destaca dois tipos de ganhos de produtividade relevante nos países: “within” e “between”. Nos aumentos de produtividade “within” um setor fica mais eficiente; digamos um cabeleireiro corta mais cabelos por dia ou uma fábrica produz mais carros por dia. Nos aumentos […]

Vulnerabilidade externa e crises cambiais no Brasil: anos 1980, 1990 e 2000

O gráfico acima mostra um resumo do quadro externo brasileiro preparado pelo BC recentemente. Nota-se que a situação brasileira é anos-luz melhor do que nas crises dos 70, 80 e 90. Temos reservas internacionais que equivalem a mais de 20% do PIB, melhor marca de todo o período. O deficit em conta corrente volta para […]

Juro baixo no Brasil: agora é diferente

Em 2012 o BC brasileiro trouxe a taxa SELIC para suas mínimas históricas, 7,25% ao ano. O contexto para esse movimento era de pleno emprego no mercado de trabalho, expansão do credito privado e publico com taxas de variação da ordem de 15% ao ano. O PIB brasileiro crescia na casa de 3% ao ano […]

Conquistar mercados mundiais é bem mais difícil do que simplesmente reduzir tarifas

A indústria automobilística fornece um belo exemplo da capacidade que a região do leste asiático teve em se desenvolver e roubar mercados do ocidente. O processo teve início no Japão com a Toyota, depois Mitsubishi, Honda e Nissan e depois se estendeu para Coreia do Sul com o notável caso da Hyundai, e na sequência […]