Os motores elétricos para carros e caminhões avançam no mundo e no Brasil

*escrito com Pietro Parronchi

A comunidade europeia anunciou recentemente uma iniciativa para fomentar a industria de carros elétricos na Europa. A China ja avançá-la bem nessa seara com produção maciça de varias marcas e os EUA estão bem a frente com a Tesla, ja entre as maiores montadoras do mundo em valor de mercado. No Brasil, recentemente, uma notícia do setor de caminhões chamou a atenção: tratava-se do anúncio da MAN Latin America, divisão de veículos comerciais do Grupo VW, de um caminhão leve para entregas urbanas, com capacidade de carga de 9 e 11 toneladas, chamado VW EDelivery, com motorização elétrica. A princípio pode parecer mais uma notícia de inovação tecnológica difundida diariamente na grande mídia, porém existe um diferencial nesse anúncio: o produto foi desenvolvido pela engenharia brasileira, e ainda mais relevante, o motor utilizado é de origem nacional, o modelo AL160, da gaúcha WEG. A WEG mais uma vez comprova sua grande capacidade de oferecer produtos na fronteira tecnológica e com grandes qualidades, corroborando como um case de sucesso industrial brasileiro de ganho de complexidade produtiva.

A novidade nesse anúncio encontra-se em outra parte sensível desse inovador caminhão, as baterias de lítio, que serão fornecidas pela também brasileira Eletra, sediada em São Bernardo do Campo (SP). A Eletra merece atenção pois evidencia mais um caso de articulação empresarial com a participação do Estado em produzir demanda para produtos com tecnologia agregadas, e a partir de um core de atuação inicial, transbordar para uma ramificação de negócios mais complexa. A Eletra faz parte do Grupo Auto Viação ABC, que opera linhas urbanas de transporte público no ABC paulista, e durante a década de 90, iniciou o desenvolvimento de veículos do tipo Trólebus. Foi dessa empresa que surgiu o primeiro ônibus articulado elétrico-híbrido do mundo, e a evolução tecnológica empreendida pela empresa aos longos desses anos, com a demanda estatal para a substituição de veículos articulados diesel para elétricos sustentou a evolução no ganho de complexidade, que hoje culmina no fornecimento das baterias de lítio para o novo caminhão leve da MAN Latin America.

1 thought on “Os motores elétricos para carros e caminhões avançam no mundo e no Brasil”

  1. A grande vantagem dos veículos elétricos é que eles não fazem barulho e é bom para o meio ambiente, pois a energia elétrica para acionar os mesmos pode ser gerada num único local. Se for hidrelétrica, ÓTIMO mas se for termelétrica deverá ser feita uma canalização do CO2 liberado.

Deixe uma resposta