A maioria dos países produtores de commodities não é capaz de desenvolver sua cadeia de produção upstream

Como um país produtor de petróleo, minério de ferro e soja da o salto pra produzir Software, maquinário e petroquímicos associados a extração dessas commodities? Ou seja, como virar uma Noruega, Finlândia e Austrália e deixar de ser Nigéria, Argentina, Brasil ou Namíbia? Como transformar sua especialização em commodities num salto para as partes mais nobres da cadeia? Minha impressão é que é muito difícil remar upstream na cadeia de commodities. Em geral os grandes produtores de commodities do mundo importam o maquinário, agrotóxicos, etc. Nesse ranking aqui do atlas da complexidade aparecem alguns poucos países que são produtores de commodities e são sofisticados: Finlândia, Noruega, França, EUA, Malásia, Tailândia: https://atlas.media.mit.edu/en/rankings/country/

drilling excavation ferro fertilizers harvest petroleo

soja tractors

coffee

 

1 thought on “A maioria dos países produtores de commodities não é capaz de desenvolver sua cadeia de produção upstream”

Deixe uma resposta