As fases do desenvolvimento de um país: agricultura, serviços não sofisticados, indústria e serviços sofisticados

Bob Rowthorn, dentre muitos outros economistas, analisou de maneira interessante o passo a passo do desenvolvimento dos países ou as fases do crescimento econômico. Num primeiro momento as economias pobres empregam a maioria de seus trabalhadores na agricultura. O progresso se da num segundo momento pela industrialização, trabalhadores são transferidos dos setores agrícolas de subsistência para manufaturas com produtividade mais elevada (A. Lewis). Parte das pessoas que migram para as cidades não conseguem empregos na manufatura e vão para o setor de serviços não sofisticados (varejo, garçons, atendentes, etc).

Se o processo de desenvolvimento avança, novos empregos são criados em manufaturas high tech e serviços sofisticados (financas, advocacia, marketing, TI, design). A disseminação de empregos em setores de manufatura high tech e serviços sofisticados, de alta produtividade, puxam para cima também os salários dos outros setores (além dos salários desses setores, Baumol, Balassa e Samuelson). Alguns países não conseguem chegar nesse estágio e ficam presos na armadilha de renda média, com indústrias low tech e serviços de baixa complexidade (Brasil).

O gráfico abaixo mostra dados de % de empregos para 35 países no mundo a partir das bases da WIOD  (http://www.wiod.org/new_site/home.htm) para 2011. Os países ricos a direita se caracterizam por ter um grande setor de serviços sofisticados. Os pobres à esquerda (em termos de renda per capita) tem enorme contingente da população ainda empregada na agropecuária. O setor manufatureiro emprega muita gente nos pobres e ricos. A grande maioria dos empregos de qualquer economia está no setor de serviços não sofisticados.

paper Bob Rowthorn aqui:

https://www.imf.org/external/pubs/ft/wp/wp9742.pdf

paper Gabriel Palma sobre desindustrialização aqui:

http://incubadora.periodicos.ufsc.br/index.php/necat/article/download/3118/4060

1 thought on “As fases do desenvolvimento de um país: agricultura, serviços não sofisticados, indústria e serviços sofisticados”

Deixe uma resposta