Big Data aplicado ao estudo do comércio internacional

O termo Big Data vem sendo utilizado atualmente em diversos contextos para descrever a crescente explosão de dados disponíveis no universo digital. O Big Data, na sua raiz, trata de um grande volume de dados com grande velocidade. Em economia talvez o primeiro e mais relevante banco de dados de Big Data criado seja o Atlas […]

Formigas, cigarras e gafanhotos na economia mundial

Martin Wolf, hoje talvez o mais importante colunista do Financial Times deu certa vez uma curiosa explicação sobre a situação do mundo hoje. Sua história começa com o conto das cigarras e formigas adaptado aos dias de hoje. As cigarras são o povo americano que não param de consumir, as formigas, os asiáticos, que produzem […]

O tipo de especialização produtiva importa na trajetória de desenvolvimento econômico

Existe no país hoje, e desde sempre, duas grandes correntes de economistas com visões de mundo bem distintas acerca do desenvolvimento e crescimento. Para o grupo dos chamados ortodoxos o desenvolvimento econômico tende a ser um processo natural e que depende basicamente de boas políticas internas, tais como: governo parcimonioso que não tribute demais, bom […]

O Brasil tem baixa produtividade agregada pois emprega pessoas em setores não sofisticados e de baixa complexidade

A tabela abaixo mostra o total de empregos ou ocupações no Brasil de 2011 divididas por subsetor de atividade econômica em comparação com outras economias do mundo, ricas e pobres (tabela completa no final do post). As atividades econômicas estão classificadas segundo 9 macro-setores: agropecuária, indústria extrativa, indústria da transformação, construção civil, serviços sofisticados (empresas, financeiros e imobiliários) […]

Uma crítica à teoria institucional de Douglass North a partir da perspectiva de complexidade econômica 

Dentro de países temos brutais diferentes mas de produtividade entre regiões e cidades. Como explicar isso se estão todos sob o mesmo manto Institucional? Como explicar a diferença de produtividade de NY e Alabama? Ou de São Paulo e Sergipe? Ou Ainda do Norte e do sul da Itália? A explicação da estrutura produtiva traz […]

Para entender a riqueza e pobreza das nações hoje: um elo perdido na historia do pensamento econômico

Nesse maravilhoso livro sobre Os Ensaios de John Cary, Sophus Reinert trata do elo perdido na historia do pensamento economico que acabou colocando a teoria econômica num beco sem saída para explicar o desenvolvimento econômico. O desserviço maior foi feito por D.Ricardo com a “estapafúrdia” hipótese de que “o que se produz não importa”. Como […]

A Ásia de sucesso se especializou em produzir manufaturas para o resto do mundo

As oito principais economias asiáticas, Japão, Coréia do Sul, Taiwan, Cingapura, Hong Kong, Indonésia, Malásia e Tailândia cresceram em termos per capita a uma taxa de 5,5% ao ano no período 1965-1990. Nos anos 90, mesmo com a crise de 1997, a taxa média de crescimento per capita desses países, com a exceção do Japão, […]

Conquistar mercados mundiais é bem mais difícil do que simplesmente reduzir tarifas

A indústria automobilística fornece um belo exemplo da capacidade que a região do leste asiático teve em se desenvolver e roubar mercados do ocidente. O processo teve início no Japão com a Toyota, depois Mitsubishi, Honda e Nissan e depois se estendeu para Coreia do Sul com o notável caso da Hyundai, e na sequência […]

O caminho dos países nórdicos

O desafio para o desenvolvimento econômico não esta na produção de commodities per se, a questão chave e’ se o pais e’ capaz de caminhar downstream ou upstream na cadeia das commodities para aprender a fazer produtos mais sofisticados. O desenvolvimento econômico e nível de renda per capita dependem fortemente das capacidades produtivas locais e […]

Preço do minério de Cobre e estrutura produtiva do Chile

No Chile, a política macro depois da crise da dívida  contribuiu para um avanço interessante da sofisticação produtiva e aumento de complexidade; o desempenho exportador chileno melhorou muito depois da depreciação relativa do câmbio real. Nos anos 70 e início dos 80, a moeda chilena passou por dois grandes ciclos de apreciação e crise resultantes do período populista […]

O estouro da bolha brasileira

O gráfico acima mostra a evolução da absorção doméstica da economia brasileira no pós crise de 2008 (consumo das famílias, gastos do governo e investimento). A taxa de 10% ao ano era claramente insustentável, com ampliação de 8% do PIB e o restante sendo financiado por deficit externo com explosão das importações. A alavancagem de […]