Histerese e os efeitos deletérios da apreciação cambial na estrutura produtiva brasileira

Nos últimos 10 anos os empresários brasileiros se especializaram em produzir commodities, bens agrícolas, serviços não sofisticados e prédios. Quais foram os negócios que mais prosperam no país da última década? Shopping centers, prédios comerciais e residenciais, lojas de varejo de todo tipo (cabelereiros, restaurantes, vestuário, concessionárias de automóveis, etc). Grandes obras de infra-estrutura, petróleo, […]

O Big Mac e o cambio no Brasil

Uma das maneiras interessantes de se medir a sobrevalorização de uma moeda é comparar o preço do big Mac em dólares no país em questão com o preço do mesmo em dólares no resto do mundo. Teoricamente uma mesma cesta de produtos deveria ter o mesmo preço ao redor do mundo, especialmente se todos os […]

Juro neutro no Brasil: a hora da verdade

O ano de 2017 foi marcado pela queda dos prêmios dos juros futuros brasileiros que vinham de um excessivo desconto por conta da instabilidade política do país, do “desrepresamento” dos preços administrados, da deterioração dos preços das commodities e da consequente desvalorização cambial no biênio 2015 e 2016. Estes eventos combinados resultaram em uma pressão […]

Por que a produtividade não aumenta de forma consistente no Brasil?

Aqui a explicação na minha opinião de porque a produtividade não aumenta de forma consistente no Brasil. Grosso do PIB concentrado em serviços não sofisticados. Somos incapazes de produzir bens sofisticados e competir no comercio mundial. ver A Evolução setorial brasileira nos últimos anos, Mapa de produtividade de uma economia, Construindo Complexidade, otimo paper empirico sobre o […]

Como explicar a grande crise do governo Dilma?

A alavancagem de crédito (imobiliário e não imobiliário) provocou um boom de consumo e um boom de construções imobiliárias, resultando em grande aumento de endividamento e oferta de imóveis. Os investimentos foram todos direcionados para o setor de non-tradables (prédios comerciais, residenciais e shopping centers). As desonerações agravaram o problema injetando demanda agregada e complicando […]