A corrida industrial: “ganhadores” e “perdedores” da globalização

Existe um ditado tibetano que diz que a chave que abre a porta do céu é a mesma que abre a porta do inferno. A globalização funciona de forma similar: aqueles que abriram a porta certa estão muito bem obrigado. Aqueles que abririam a porta errada afundam nas entranhas do purgatório. Os gráficos abaixo mostram […]

Os campeões internacionais asiáticos

Para os autores clássicos do desenvolvimento econômico as atividades produtivas são diferentes em termos de suas habilidades para gerar crescimento e desenvolvimento. Atividades com altos retornos crescentes de escala, alta incidência de inovações tecnológicas e altas sinergias decorrentes de divisão do trabalho dentro das empresas e entre empresas são fortemente indutoras de desenvolvimento econômico (Reinert […]

O preço dos cortes de cabelo no mundo: Samuelson, Balassa, Baumol e os economistas brasileiros

A tabela acima retirada de um relatório do UBS mostra o preços dos cortes de cabelo em U$ mundo afora em 2015. As diferenças são gigantescas conforme podemos perceber comparando os países de cima e de baixo. A pergunta que fica é: se a produtividade de um cabeleireiro é absolutamente a mesma em todos os […]

Viva a indústria

O gráfico acima mostra as taxas de crescimento do PIB e da indústria brasileira desde de 2002. Não é difícil perceber que o PIB é uma versão modulada da serie da indústria. Ou de outro modo, a indústria é um PIB extremado. O gráfico ilustra o que os economistas chamam de relação Kaldor-Verdoorn em homenagem […]

A indústria importa?

Qual é a importância da indústria no processo de desenvolvimento econômico de países? Acho que sem uma indústria pujante, diversificada e sofisticada não dá para se desenvolver. Claro que uma boa base de recursos naturais ajuda muito. E se a indústria for conectada a essa base e gerar inovações idiossincráticas ligadas à abundância natural do […]

Raio X do vale do aço no Brasil

A Região do Vale do Aço fica no interior do estado de Minas Gerais. É composta pelas cidades de Coronel Fabriciano, Ipatinga, Santana do Paraíso e Timóteo e pelo colar metropolitano, que é constituído por outros 24 municípios. A locação da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) pela região, entre 1911 e 1929, levou ao surgimento dos primeiros núcleos urbanos, mas foi a instalação da Belgo-Mineira em Coronel Fabriciano, em 1936, […]

Evolucao da estrutura produtiva do Vietna nos ultimos 50 anos

As oito principais economias asiáticas, Japão, Coréia do Sul, Taiwan, Cingapura, Hong Kong, Indonésia, Malásia e Tailândia cresceram em termos per capita a uma taxa de 5,5% ao ano no período 1965-1990. Nos anos 90, mesmo com a crise de 1997, a taxa média de crescimento per capita desses países, com a exceção do Japão, […]

O estado chinês é uma maquina de criar complexidade: os carros chineses vão invadir o mundo

*escrito com Pietro Parronchi UFABC O setor automotivo mundial passa atualmente por um processo de consolidação com o argumento de que necessita de um novo patamar de ganhos de escala para sustentar os elevados custos de desenvolvimento em Pesquisa que ditarão o futuro próximo: condução autônoma e eficiência energética. O diferencial dessa nova onda de consolidação reside em […]

Visual da bolha imobiliária na China

O caso chinês é uma “milagre” produzido por crédito direcionado e fortíssima intervenção estatal no sentido de criar infraestrutura (portos, rodovias, ferrovias e aeroportos), capacidade de produção industrial e construções residenciais e comerciais. Representando menos de 40% do PIB, o consumidor chinês ainda não é capaz de manter a economia crescendo a 7,5% ao ano. […]

A maioria dos países produtores de commodities não é capaz de desenvolver sua cadeia de produção upstream

Como um país produtor de petróleo, minério de ferro e soja da o salto pra produzir Software, maquinário e petroquímicos associados a extração dessas commodities? Ou seja, como virar uma Noruega, Finlândia e Austrália e deixar de ser Nigéria, Argentina, Brasil ou Namíbia? Como transformar sua especialização em commodities num salto para as partes mais […]

Estagnação da produtividade no Brasil: piora da estrutura de empregos

Por que a produtividade da economia brasileira não aumentou nos últimos anos? A resposta é simples. A grande maioria dos empregos gerados foi em setores com baixa produtividade intrínseca: construção civil, serviços não sofisticados em geral (lojas, restaurantes, cabeleireiros, serviços médicos, call centers, telecom, etc…), serviços de transporte (motoristas de ônibus, caminhões, pilotos de avião), entre […]

Doença holandesa na Austrália

Os gráficos abaixo construídos por analistas da BCA mostram a evolução das exportações não commodities na Austrália e do custo unitário do trabalho. O boom no preço do ferro “desalojou” as exportações de outros bens e criou forte apreciação cambial e aumentos de salários acima da produtividade no país. Em paralelo o setor de serviços […]