Conquistar mercados mundiais é bem mais difícil do que simplesmente reduzir tarifas

A indústria automobilística fornece um belo exemplo da capacidade que a região do leste asiático teve em se desenvolver e roubar mercados do ocidente. O processo teve início no Japão com a Toyota, depois Mitsubishi, Honda e Nissan e depois se estendeu para Coreia do Sul com o notável caso da Hyundai, e na sequência Kia, e outras. Os mapas abaixo mostram o enorme espaço que os asiáticos passaram a ocupar no mercado mundial de automóveis, roubando mercados cativos da Europa e EUA. O leste da Asia saiu de uma participação nula nesse mercado no inicioo dos anos 60 para 25% do mercado mundial em 1995. A desgraça da região metropolitana de Detroit surgiu do outro lado do planeta como triunfo da região de Ulsan na Coreia do Sul. O polo de produção automotiva e de navios criou uma transformação estrutural impressionante nessa região do país.



 

Deixe uma resposta