Crise na Europa: o susto passou

A forte queda nos yields dos títulos dos países no sul da Europa mostra que o pânico com a desintegração passou completamente. Mario Draghi conseguiu convencer os mercados de que não haverá ruptura e que nenhum país sairá da zona do Euro. Entretanto, os problemas de altíssimo desemprego, estagnação e possível deflação continuam. O ajustamento das contas correntes no sul e os fluxos de capital para a região como um todo produziram grande apreciação da moeda que só poderá ser revertida com algum programa de estímulos do BCE. Aliás, essa é uma esperança importante para a subida de preço dos títulos nos PIGS. Passado o susto, a volta do crescimento no sul deve levar tempo ainda; só depois de muita desalavancagem e deflação consumidores e empresários voltarão à ativa.

yields_euro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *