DXY na máxima de 4 anos

O dólar atingiu máxima importante em relação ao Euro e ao Iene. O índice DXY abaixo mostra essa trajetória. ((EUR), 57.6%, (JPY) 13.6% (GBP), 11.9% (CAD), 9.1% (SEK), 4.2% (CHF) 3.6%. A perspectiva de subida de juros nos EUA e de mais expansão dos balanços do Banco Central do Japão e Euro está provocando esse movimento que deve prosseguir. Nos EUA a economia está se recuperando lentamente, mas a explosão de preços nos mercados acionários preocupa demais o FED que deve subir juros para estancar esse movimento. Uma correção muito forte das bolsas nos EUA mudaria o cenário atual, voltando a desvalorizar o dólar em relação ao yen e euro. No Japão a situação é tão exótica que o Banco Central está inclusive se preparando para comprar ações via ETFs. Na zona do Euro a desaceleração continua e novas ondas de compras de ativos do BCE virão.

DXY semanal - 20140925

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *