Japão, precursor do avanço manufatureiro na Asia

jap

A economia japonesa e’ conhecida por sua insuficiência crônica de consumo interno. Os motores do PIB japonês foram durante décadas investimentos e exportações de manufaturas para o resto do mundo. O Japão foi o precursor do modelo do leste asiático levado adiante depois por Coreia do Sul e Taiwan, Hong Kong e Cingapura, seguidos depois por Malásia, Indonésia e Tailândia e mais recentemente China e Vietnã. Logo após a segunda guerra mundial um dos pilares da reconstrução japonesa foi a reindustrialização, um yen super desvalorizado e acesso privilegiado ao mercado americano; arranjado depois replicado para Coreia do Sul.

As empresas japonesas começaram copiando produtos da Europa e Euro e depois conseguiram se sofisticar e produzir sua marcas próprias. Toyota e’ um caso interessante de empresa que quase foi a falência, foi salva pelo governo japonês e depois se tornou a gigante atual (ver Chang 2003). As grandes empresas de eletrônicos, famosas nos anos 80, Sanyo, Toshiba e toda a indústria de veículos japonesa são excelentes exemplos de aumento de complexidade e sofisticação tecnologica. O papel do governo japonês para promover esse processo foi essencial como bem analisou C. Jhonson no seu clássico livro sobre o MITI. Analises parecidas que depois seriam feitas por Alice Amsden em Asia next Giant e Robert Wade com Governing the market.

Curso para entender de maneira simples porque o Brasil “não deu certo”: ascensão e queda da complexidade produtiva

Deixe uma resposta