O mapa da produtividade no Brasil

O gráfico acima mostra a produtividade dos diversos subsetores da economia brasileira em 2011. os dados são do GGDC (http://www.rug.nl/ggdc/productivity/10-sector/ ). A produtividade e’calculada como valor adicionado do subsetor/numero de ocupados no subsetor. Os serviços empresariais e a industria são os setores que mais empregam e tem maior produtividade entre os setores que empregam. O setor de mineração e utilities tem produtividade altíssima mas não emprega ninguém. Os setores de serviços não sofisticados empregam muita gente mas tem produtividade baixa.

dados

os dados para EUA seguem um padrão muito parecido com manufaturas e serviços empresariais acima da media de produtividade da economia, o resto abaixo:

eua_mapa

dados_eua

dados WIOD (http://www.wiod.org/database/seas13) para 2011:

grafico

media_2011

dados WIOD

chave

dados GGDC

 

7 thoughts on “O mapa da produtividade no Brasil”

  1. Não sei exatamente o que entra em “serviços governamentais”, mas um fator que pode dar diferença do Brasil pros EUA é o setor de saúde. Um serviço complexo que é todo privado por lá, enquanto o SUS é uma parcela enorme dos serviços públicos aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *