Países com redes produtivas locais mais sofisticadas são ricos

Malasia

Os gráficos abaixo retirados do Atlas da Complexidade Econômica mostram as redes produtivas para o setor de bens transacionáveis para 4 países com exportações de mesma magnitude (entre U$250bi e U$300bi): Suíça, Malásia, Espanha e Brasil. Qual e’ a grande diferença entre esses 4 países observada nos gráficos? Suíça e Espanha tem redes mais densas, diversificadas e concentradas em produtos mais sofisticados (maquinaria e química). Malásia esta’ num estagio intermediário com uma aglomeração relevante em eletro-eletronicos e Brasil tem uma rede pouco densa e concentrada em commodities agrícolas e minério.

Da ótica da complexidade, a grande diferença entre essas economias se encontra na sofisticação relativa do setor de bens tradables. A parte de serviços não sofisticados e construção civil dessas economias não apresenta grandes diferenças, a não ser, obviamente, o maior nível de bens de capital per capita disponível para trabalhadores suíços e espanhóis. Os serviços sofisticados em geral dependem da existência de produtos complexos. Do ponto de vista qualitativo do que e’ produzido em cada pais a grande diferença esta na existência de redes locais capazes de produzir bens mais complexos (química sofisticada e maquinaria). Os prédios todos países sabem produzir. Os restaurantes, shopping-centers e cabeleireiros também; hospitais, escolas, farmácias, etc. O difícil mesmo e’ produzir o que esta representado nas bolinhas azuis e rosa. O ultimo gráfico apresenta um mapa das rendas per capita PPP e complexidade das economias ao redor do Globo. O tamanho dos círculos representa o volume de exportações.

BrazilSuicaspainresumo

ver Sobre a importancia das redes produtivas para entender o Desenvolvimento econômico

Deixe uma resposta