Vulnerabilidade externa e crises cambiais no Brasil: anos 1980, 1990 e 2000

O gráfico acima mostra um resumo do quadro externo brasileiro preparado pelo BC recentemente. Nota-se que a situação brasileira é anos-luz melhor do que nas crises dos 70, 80 e 90. Temos reservas internacionais que equivalem a mais de 20% do PIB, melhor marca de todo o período. O deficit em conta corrente volta para patamares civilizados. No colapso do cruzado tínhamos uma dívida externa que era quase 50% do PIB! Quando quebramos em 1982 nossas reservas eram praticamente 0! E no choque do petróleo nossa conta corrente foi quase a 7% do PIB! De fato, por esse prisma estamos bem tranqüilos ainda.



 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *