A história do WD-40 com a ajuda do governo americano!

A Rocket Chemical Company é conhecida por ser a empresa por trás do famoso produto WD-40. Sua história começa em 1953, em San Diego, Califórnia, quando três funcionários da Rocket Chemical Company, Norman Larsen, Gordon Dawson e John B. Gregory, estavam em busca de um composto que prevenisse a corrosão e deslocasse a água. O objetivo inicial era desenvolver um solvente e desengraxante para proteger componentes metálicos contra ferrugem e corrosão, principalmente em aplicações aeroespaciais.

Depois de 39 tentativas, Larsen e sua equipe finalmente conseguiram formular um produto eficaz, daí o nome WD-40, que significa “Water Displacement, 40th formula” (Deslocamento de Água, fórmula número 40). Esse produto mostrou-se tão eficiente que começou a ser utilizado fora do âmbito industrial, ganhando popularidade entre os consumidores.

A empresa passou a embalar o WD-40 em latas de spray, e o sucesso do produto foi imediato. Em 1969, a Rocket Chemical Company mudou oficialmente seu nome para WD-40 Company, Inc., refletindo o impacto e a importância do produto para o negócio.

Desde então, a WD-40 Company continuou a crescer, diversificando sua linha de produtos e expandindo suas operações globalmente. Hoje, o WD-40 é usado em milhões de lares e indústrias em todo o mundo, e a empresa se orgulha de sua história de inovação e qualidade, mantendo-se fiel às suas origens de resolver problemas práticos do dia a dia.

Na fundação da Rocket Chemical Company, o maior cliente era a Convair, uma empresa aeroespacial e de defesa americana. A Convair usava o WD-40 para proteger os componentes metálicos do míssil Atlas contra ferrugem e corrosão. O WD-40 era particularmente eficaz na prevenção de danos causados pela exposição à água e à umidade, o que era crucial para a manutenção da integridade dos mísseis durante o armazenamento e transporte. Essa aplicação inicial no setor aeroespacial foi fundamental para estabelecer a reputação do WD-40 como um produto confiável e versátil.

A história da Convair

A Convair, originalmente conhecida como Consolidated Vultee Aircraft Corporation, foi uma importante fabricante de aeronaves e mísseis dos Estados Unidos. Sua história começa com a fusão de duas empresas aeronáuticas: a Consolidated Aircraft Corporation e a Vultee Aircraft, em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial.

### Consolidated Aircraft Corporation

Fundada em 1923 por Reuben H. Fleet, a Consolidated Aircraft Corporation foi inicialmente conhecida por fabricar hidroaviões e bombardeiros para a Marinha dos Estados Unidos. Entre seus produtos de destaque estavam o bombardeiro B-24 Liberator, que se tornou um dos bombardeiros mais produzidos durante a Segunda Guerra Mundial, e o hidroavião PBY Catalina, amplamente utilizado em missões de patrulha e resgate marítimo.

### Vultee Aircraft

A Vultee Aircraft foi fundada por Gerard “Jerry” Vultee em 1932. A empresa se destacou na fabricação de aviões militares, incluindo o bombardeiro leve Vultee BT-13 Valiant, amplamente usado para treinamento de pilotos durante a guerra.

### A Fusão e a Era Pós-Guerra

Em 1943, as duas empresas se fundiram para formar a Consolidated Vultee Aircraft Corporation, abreviada como Convair. Após a Segunda Guerra Mundial, a Convair continuou a desempenhar um papel importante na indústria aeronáutica, desenvolvendo aeronaves notáveis como o bombardeiro B-36 Peacemaker, o maior bombardeiro de propulsão a pistão já construído, e o bombardeiro a jato B-58 Hustler, o primeiro bombardeiro supersônico do mundo.

### Expansão para a Indústria Aeroespacial

Na década de 1950, a Convair expandiu suas operações para a indústria aeroespacial, desenvolvendo o míssil Atlas, que se tornou o primeiro míssil balístico intercontinental (ICBM) dos Estados Unidos. O Atlas também foi adaptado para ser usado como veículo de lançamento para programas espaciais, incluindo o envio de astronautas em órbita durante o projeto Mercury.

### Aquisições e Declínio

Em 1953, a Convair foi adquirida pela General Dynamics Corporation, mas manteve seu nome e operações distintas. Durante as décadas seguintes, a Convair continuou a desenvolver aeronaves e sistemas de mísseis, mas enfrentou desafios financeiros e de mercado. Na década de 1990, a General Dynamics começou a vender partes da Convair, e a maioria de suas operações foi descontinuada ou vendida para outras empresas.

A história da Convair é marcada por inovações significativas na aviação e na exploração espacial, desempenhando um papel crucial durante a Segunda Guerra Mundial e a Guerra Fria, e deixando um legado duradouro na história da aviação e da tecnologia aeroespacial.

2 thoughts on “A história do WD-40 com a ajuda do governo americano!”

  1. Gosto muito do trabalho do Paulo Gala. Como estudante de ciências econômicas, não posso ignorá-lo. Passarei a compartilhar seus artigos na minha página, Fabricio Valle – Pensando o Mundo. De vez em quando com comentários.

Deixe uma resposta