A indústria do quase no Brasil: Gurgel e as memórias de um médico-legista

Quase conseguimos nos desenvolver, faltou pouco. No início dos 80 a produção industrial brasileira era maior do que a chinesa e coreana somadas. Exportávamos todo ano mais do que esses dois países, hoje ícones de sucesso de desenvolvimento econômico no mundo. Por que? Uma explicação muito simples: perdemos o bonde da sofisticação produtiva. Sabíamos fazer muitas coisas, hoje não sabemos mais. A indústria brasileira quase chegou a padrões mundiais e quase conquistou mercados lá fora; os anos 80 foram o ápice de nosso desenvolvimento tecnológico relativo. Desde então as indústrias brasileiras foram perdendo espaço no mundo e no mercado interno e hoje somos capazes de fazer bem menos coisas. Nossa capacidade tecnológica esta minguando. Nossa sofisticação produtiva vai pelo ralo e a complexidade do tecido produtivo brasileiro só diminui. Dentre milhares de exemplos vale a pena ler abaixo a história dos carros de Gurgel e a indústria de cilindros de mergulho no Brasil.

Quase fizemos cilindros de mergulho brasileiros: https://www.brasilmergulho.com/amazon-a-historia-de-um-cilindro-de-mergulho-fabricado-no-brasil/

Quase fizemos carros brasileiros: https://quatrorodas.abril.com.br/noticias/gurgel-o-engenheiro-que-virou-carro/?fbclid=IwAR1Tnsx8vcnOTphZZxHuwmHI5V-cO-_7TKQ-V95CW2Du4Yj-u9QQWYSJlfE

História Gurgel: https://youtu.be/LpDlBYs4sqg

Dez carros genuinamente brasileiros: https://mundofixa.com/10-carros-brasileiros-incriveis-que-voce-nem-sabia-que-existiram/

documentários sobre a história da Gurgel: https://m.youtube.com/watch?feature=youtu.be&v=iBcA8ap7iHY

https://youtu.be/o7L_fxkMPeQ

Deixe uma resposta