Aqui jaz mais uma indústria brasileira

*escrito com Tarcisio Romero de Oliveira

A Thyssenkrupp Marine Systems assinou contrato para adquirir o estaleiro Oceana (Itajaí/SC), da Aliança S.A., pertencente ao Grupo CBO, empresa de embarcações de apoio offshore e um dos maiores empregadores de profissionais marítimos qualificados no mercado brasileiro. O acordo cria a base inicial para a construção das fragatas da Classe Tamandaré para a Marinha do Brasil, bem como para um maior crescimento da empresa no país. A operação está sujeita à aprovação das autoridades antitruste e à entrada em vigor oficial do contrato das fragatas – previsto para meados de 2020. A aquisição será, então, executada por meio da subsidiária brasileira thyssenkrupp Marine Systems do Brasil. Por acordo, o valor da transação não será divulgado.

O estaleiro Oceana foi criado em 2013 para a produção de navios de apoio offshore de alta qualidade e tecnologia e é ideal para projetos de grande dimensão. Nos próximos dois anos, serão recrutados 800 trabalhadores locais apenas para o projeto da Classe Tamandaré. Isso significa que podem ser construídos no Brasil navios de alto valor agregado nacional. A entrega dos navios está prevista para o período entre 2025 e 2028. A Águas Azuis é uma sociedade de propósito específico estabelecida entre a thyssenkrupp Marine Systems (líder), a Embraer Defesa & Segurança e a Atech e será responsável pela execução das quatro fragatas. Tudo isso poderia ser brasileiro, com tecnologia e aprendizado produtivo doméstico. Mas não é, não será. Pobre Brasil.

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Classe_Tamandaré

1 thought on “Aqui jaz mais uma indústria brasileira”

  1. Apesar disso tudo está previsto no contrato assinado total transferência de tecnologia de construção, assim como foi feito com os novos submarinos brasileiros sendo construídos em Itaguaí. Vale lembrar que o Brasil vai poder construir as fragatas e submarinos livremente e vendê-los! Assim como aconteceu com Grippen NG. Será construído no Brasil. Não achei negativa a venda. Muito pelo contrário vai trazer emprego, aliás já está trazendo! Abs

Deixe uma resposta