A indústria importa para o desenvolvimento econômico?

Qual é a importância da indústria no processo de desenvolvimento econômico de países? Acho que sem uma indústria pujante, diversificada e sofisticada não dá para se desenvolver. Claro que uma boa base de recursos naturais ajuda muito. E se a indústria for conectada a essa base e gerar inovações idiossincráticas ligadas à abundância natural do […]

As empresas domésticas de carros na Índia prosperam! (lições para o Brasil)

*escrito com Andre Roncaglia (esse texto é parte de nosso novo livro” Brasil, uma economia que nao aprende”) A incrível história do setor automotivo da Índia ajuda a mostrar um outro caminho que poderia ter sido seguido por aqui. Na última década, a indústria automobilística indiana emergiu como uma das indústrias de crescimento mais rápido […]

Multinacionais defendem com unhas e dentes suas tecnologias proprietárias

*escrito com Andre Roncaglia (esse texto é parte de nosso novo livro” Brasil, uma economia que nao aprende”) O centro da economia mundial tem alto conteúdo tecnológico proprietário em seus produtos, logo tem poder de monopólio considerável e a periferia não. Isso torna muito difícil para países da América Latina, África e Ásia chegarem lá. […]

Três estratégias de desenvolvimento do setor automobilístico: Brasil, México e China (errado,1/2 errado, certo)

*escrito com Felipe Augusto Machado No setor automobilístico, o Brasil atraiu montadoras estrangeiras para construir sua cadeia de fornecimento. O México abriu a economia para se integrar às cadeias globais. A China exigiu JVs com empresas nacionais e mirou nos elétricos. Alguns dos maiores desafios de quem depende de investimento externo são: convencer as multinacionais […]

Política industrial é na verdade um investimento de private equity que o governo faz

Rodrik sugere que podemos pensar em política industrial como investimentos de Private equity. Muitos falham mas os que acertam compensaram em larga medida as falhas. Na Ásia a estratégia que se mostrou mais acertada foi usar o mercado mundial como benchmark para medir o sucesso ou fracasso do resultado industrial das companhias que recebem subsídios […]

O desenvolvimentismo do Marques de Pombal em Portugal acabou por conta da abertura dos portos para os ingleses no Brasil

*escrito com Ricardo da Silva Carvalho, economista FEA/USP e Alberto Almeida O Marquês de Pombal começou uma política desenvolvimentista usando o mercado cativo brasileiro (já expressivo para os padrões da época) como alavanca para o desenvolvimento manufatureiro português. Estava indo muito bem até os ingleses “chutarem a escada” com o tratado de livre-comércio de 1810. […]

A diferença entre Lula I e II: manufaturas e commodities

A primeira fase do governo Lula foi caracterizada por forte expansão da industria e exportação de manufaturas. Isso pode ser visto na evolução da composição da pauta de exportação e na grande expansão da produção industrial. A segunda fase do governo Lula se caracterizou por forte expansão do credito e retração das manufaturas na pauta […]

Países que produzem apenas bens agrícolas e minerais são os mais desiguais do mundo: o caso do Paraguai

O Paraguai é um dos países mais pobres e desiguais da América Latina. O grande destaque da economia paraguaia são os produtos agrícolas, soja principalmente. Países que se especializam no mundo em produzir apenas bens agrícolas e minerais são os mais desiguais. Em relevante trabalho sobre o tema Hartmann et al fazem um incrível raio […]

Por que São Paulo é São Paulo? Origens do Desequilíbrio Regional no Brasil

Praticamente 22% de nossa população concentra-se no Estado de São Paulo. A região da grande São Paulo especificamente abriga hoje em torno de 8% da população do território nacional. A Tabela 10.1 nos mostra a distribuição espacial de pessoas no Brasil.

A história econômica da cidade de São Paulo

Um dos destaques da coletânea organizada por Tamás Szmrecsányi para comemorar os 450 anos da cidade de São Paulo está nos textos de Pierre Monbeig e Paul Singer. Os autores traçam, de forma complementar, uma minuciosa história econômica da cidade. Os demais artigos do volume acrescentam importantes análises sobre a metrópole, tanto do ponto de […]