BC brasileiro reduz a intervenção no câmbio

Com a queda nos preços do petróleo e minério de ferro, somada ao anúncio dos sauditas de redução nos seus preços, observou-se uma queda de três por cento no preço do barril brent, o que derrubou Petrobrás e segurou o índice Bovespa. Por outro lado, as Small Caps tiveram um desempenho positivo. O IBOV voltou para os 132k embora o índice nem sempre conte a história completa, especialmente para as Small Caps, que apresentaram um desempenho notável, especialmente as cíclicas domésticas. O dia também foi positivo para as bolsas americanas, com destaque para o setor de tecnologia/ NASDAQ, que registrou um aumento de mais de dois pontos. Este setor, que teve um impressionante crescimento de44% no ano passado, continua a surpreender. Uma notícia relevante no mercado de câmbio foi a ausência de intervenção do Banco Central no final do ano. Pela primeira vez desde 1999, o BC não realizou leilões de linha, uma prática comum para fornecer liquidez no mercado de dólares. Isso sugere que o fluxo de entrada de dólares estava robusto, refletido no superávit de 98 bilhões de dólares na balança comercial brasileira no ano passado. A ausência de leilões de linha e a apreciação do real mesmo sem essa intervenção indicam um forte movimento de entrada de dólares no Brasil, principalmente por meio de transações comerciais. A expectativa é que essa tendência continue em 2024.

 

Deixe uma resposta