O tipo de bem produzido condiciona a riqueza de uma nação

O que observamos na pratica sobre o desenvolvimento econômico? Tomemos por exemplo o estado alemão de Baden-Wurttemberg que conta com 10 milhoes de habitantes e produz o equivalente ao PIB norueguês e 3x mais do que o PIB português. O que se produz lá que faz com que as pessoas sejam tão ricas e eficientes? […]

Por que o livre mercado sozinho não é capaz de tirar os países intermediários da armadilha da renda média?

  Quando países chegam em níveis de renda per capita de u$10.000 até u$12.000 parece que ficam presos e não conseguem avançar pra cima dos 15.000/U$20.000. Da pra ver isso em mais de uma dúzia de países da África, da América Latina e Ásia. A pergunta que fica é: por quê o próprio mecanismo de […]

Por que o Brasil minera ferro mas não é capaz de produzir máquinas de mineração?

A maioria dos países produtores de commodities não desenvolve sua cadeia de produção upstream: existe uma distância tecnológica e não física. Como um país produtor de petróleo, minério de ferro e soja da o salto pra produzir Software, maquinário e petroquímicos associados a extração dessas commodities? Ou seja, como virar uma Noruega, Finlândia e Austrália […]

A grande contradição de Adam Smith: a fábrica de alfinetes contra a mão invisível (ou mercantilismo x livre mercado)

A fábrica de alfinetes destaca a divisão do trabalho, as economias de escala, os retornos crescentes e a tendência a aglomeração e vantagens monopolistas (com feedbacks positivos). A mão invisível vai na outra direção e destaca os retornos decrescentes (um ponto chave nas obras de Malthus e Ricardo) e o funcionamento de um sistema de […]

Serviços sofisticados dependem de uma estrutura produtiva complexa

Países ricos fazem Uber, Netflix e Amazon. Países pobres dirigem uber, assistem Netflix e compram na Amazon. TECLA SAP: países ricos desenvolvem serviços sofisticados, países pobres praticam serviços simples! O gráfico acima mostra uma correlação fortíssima entre serviços sofisticados e complexidade da estrutura produtiva de diversos países. Sem complexidade não há serviços sofisticados. O ECI […]

Doença holandesa definida como perda de complexidade econômica (ECI)

O gráfico acima mostra os principais produtos de exportação para 102 países no mundo em 2013; porcentagem da pauta (%) no eixo Y, complexidade econômica (ECI) do pais no eixo X e ao lado do pais o nome do principal produto. Países ricos exportam bem complexos e tem uma pauta exportadora bastante diversificado, países pobres […]

A desindustrialização da pauta exportadora do Brasil

O problema não esta na produção de commodities per se, a questão chave é se o país é capaz de caminhar downstream ou upstream na cadeia das commodities para aprender a fazer produtos mais sofisticados. O desenvolvimento econômico e nível de renda per capita dependem fortemente das capacidades produtivas locais e da habilidade de produzir bens complexos. Ficar […]

Iphone, Embraer e Concorde: o que há em comum?

Algumas das tecnologias usadas no novo boeing 787 foram testadas e desenvolvidas pela Nasa. Num processo recente na organização mundial do comércio sobre subsídios na aviação a Airbus chamou o novo boeing 787 dreamliner de “subsidyliner”: o avião que mais recebeu subsídios do governo na história da aeronáutica: 5bi U$ do tesouro americano em subsídios […]

O poder da indústria: encadeamentos para frente e para trás

A atividade industrial tem mais espaço para inovação, automação e economias de escala e escopo. Mais do que os serviços pessoais e a agricultura. Os serviços sofisticados ou empresariais também apresentam mais oportunidades de escala e inovações tecnológicas. Os ganhos relevantes de produtividade de uma economia vem desses dois setores: indústria + serviços empresariais. Não […]

A pobreza do estado de Chiapas no Mexico: falta de complexidade

O caminho para a evolução da complexidade pode ser bastante tortuoso. Inclusive do ponto de vista regional, um aumento de complexidade e produtividade resulta sempre em aumento de desigualdade num primeiro momento. A região que passa por aumento de complexidade apresenta enorme salto de renda em relacao as regiões ou cidade que não passaram por […]

Abertura economica, pobreza e complexidade

A tentativa de se criar complexidade não vem sem custos. Em última análise é sempre uma iniciativa privada aguerrida e competitiva que constrói um tecido produtivo sofisticado, investindo incessantemente na busca de lucros. Mas o setor público deve contribuir com a manutenção de preços macro adequados (equilíbrio fiscal, inflação baixa e estável, câmbio competitivo, prêmio […]

Se a produtividade dos barbeiros é a mesma no mundo, por quê há tanta diferença de salários?

O gráfico acima mostra a relação entre renda per capita dos diversos países e preço dos cortes de cabelo em 2015. As diferenças são gigantescas conforme podemos perceber comparando os países pobres e ricos. A pergunta que fica é: se a produtividade de um cabeleireiro é absolutamente a mesma em todos os lugares do mundo, […]

Os campeões internacionais asiáticos

A Ásia de sucesso (do leste) conseguiu criar e desenvolver indústrias que são hoje campeãs internacionais. Está aí o segredo de Coreia, Japão e China. Empresas complexas e inovadoras que foram aos poucos conquistando os mercados mundiais. O tecido produtivo desses países foi se sofisticando e o avanço tecnológico ocorreu nas atividades chave. Para os […]

Por que São Paulo é São Paulo? Origens do Desequilíbrio Regional no Brasil

Praticamente 22% de nossa população concentra-se no Estado de São Paulo. A região da grande São Paulo especificamente abriga hoje em torno de 8% da população do território nacional. A Tabela 10.1 nos mostra a distribuição espacial de pessoas no Brasil.

Para entender a Microeconomia do Desenvolvimento Econômico: poder de monopólio

Em relevante texto sobre desenvolvimento econômico, Erik Reinert (1994) mostra como podemos usar as ideias de Michael Porter para entender a “microeconomia” do Desenvolvimento Econômico. O primeiro livro de Michael Porter sobre estratégia industrial (Porter, 1980) é, em muitos aspectos, uma lista de receitas e prescrições para se evitar estar em um negócio onde os pressupostos […]

Os milagres de Japão, Coreia e Taiwan

Vale a pena ler o recente livro “How Asia Works” para entender como os asiáticos do leste ficaram ricos. E também para entender um pouco mais sobre o sucesso da Inglaterra, EUA, Alemanha e Franca. Joe Studwell, jornalista que escreve para a The Economist e Financial Times e profundo conhecedor da região, nos conta o […]

Desindustrialização no Brasil e perda de capacidades tecnológicas

O problema nao esta na produção de commodities per se, a questão chave e’ se o pais e’ capaz de caminhar downstream ou upstream na cadeia das commodities para aprender a fazer produtos mais sofisticados. O desenvolvimento econômico e nível de renda per capita dependem fortemente das capacidades produtivas locais e da habilidade de produzir bens […]

O beco sem saída dos recursos naturais

O desafio para o desenvolvimento econômico não esta na produção de commodities per se, a questão chave e’ se o pais e’ capaz de caminhar downstream ou upstream na cadeia das commodities para aprender a fazer produtos mais sofisticados. O desenvolvimento econômico e nível de renda per capita dependem fortemente das capacidades produtivas locais e […]

Por que a produtividade da economia brasileira não aumentou nos últimos anos?

A resposta é simples. A grande maioria dos empregos gerados nos últimos anos foi em setores com baixa produtividade intrínseca: construção civil, serviços não sofisticados em geral (lojas, restaurantes, cabelereiros, serviços médicos, call centers, telecom, etc…), serviços de transporte (motoristas de ônibus, caminhões, e táxis), entre outros. As comparações internacionais mostram que o grande diferencial […]

Rumo ao Topo: A Estrutura Passo a Passo que Elevou a China ao Pódio da Tecnologia de Drones

A ascensão da China no mundo da tecnologia de drones não foi um fenômeno repentino. Ela foi, de fato, uma combinação de planejamento estratégico, inovação e execução disciplinada. Vamos explorar, passo a passo, a trajetória que alçou a China a uma posição de destaque neste setor. 1. Incentivo Estatal e Financiamento: O governo chinês reconheceu […]

Estagnação da produtividade no Brasil: piora da estrutura de empregos

Por que a produtividade da economia brasileira não aumentou nos últimos anos? A resposta é simples. A grande maioria dos empregos gerados foi em setores com baixa produtividade intrínseca: construção civil, serviços não sofisticados em geral (lojas, restaurantes, cabeleireiros, serviços médicos, call centers, telecom, etc…), serviços de transporte (motoristas de ônibus, caminhões, pilotos de avião), entre […]