Taxas flutuantes de câmbio: momento Minsky no Brasil em 2015

O aumento explosivo do preço de non-tradables brasileiros em termos de dólares ate 2015 não foi, certamente, resultado de um aumento de produtividade e salários como gostaríamos. Inúmeros trabalhos mostravam que a moeda brasileira estava relativamente sobrevalorizada, tanto a partir de medidas de desvios de PPP (Paridade do poder de compra) com ajustes de produtividade, […]

Política cambial e Desenvolvimento Econômico na China

O câmbio subvalorizado chinês foi parte de uma estratégia que vem dando certo já desde os anos 80. Ao promover a competitividade de seus produtos, o governo chinês foi capaz de implementar, junto com outras políticas, um enorme upgrade na indústria. Esse modelo de crescimento puxado por exportações tem funcionado muito bem, como aliás funcionou […]

Para entender as grandes depressões no mundo rico

O gráfico abaixo mostra os balanços das famílias, empresas governo americano e estrangeiros em termos de renda e gasto a partir de dados das contas nacionais. Para as famílias são salários menos consumo; para empresas lucros menos investimentos; para governos tributos menos gastos públicos e para estrangeiros exportações menos importações. Quem esta abaixo da linha […]

A transmissão do câmbio para os preços (passthrough) em 2014

Os gráficos abaixo mostram a evolução do câmbio, preços de commodities em reais (IC-Br), preços no atacado (IGP) e ao consumidor (IPCA) no Brasil nos últimos 2 anos. Da perspectiva da taxa de câmbio como ativo financeiro o Brasil está 25% mais barato hoje, pois investidores deixaram de confiar no país graças à deterioração dos […]

Câmbio errado e Desenvolvimento econômico

A taxa de cambio tem dupla natureza: de um lado o preço relativo entre bens tradables e non-tradebles e de outro o preço de um ativo financeiro. A dinâmica de determinação da taxa de câmbio é fundamentalmente financeira, especialmente num contexto de abertura da conta capital. Do ponto de vista da relação de preços tradables […]

Para entender sobrevalorização cambial

Um câmbio muito apreciado significa preços de bens transacionáveis muito baixos em reais. Ou seja, preço da soja, ferro, sapato, carro, avião, brinquedos, maquinas, café, milho e assim por diante. Tudo que é vendido no mercado mundial. Significa também que o preço dos não transacionáveis fica muito elevado em termos relativos, especialmente salários e imóveis. […]

Pressão no câmbio em 2012

Acabou o cenário de apreciação do câmbio no Brasil. Importante deterioração da conta corrente, desaceleração na China e retirada de estímulos do Fed americano colocarão uma pressão permanente para depreciação em nossa taxa de câmbio nos próximos meses. Nosso déficit em conta corrente subiu para 3% do PIB em Abril, maior nível desde 2002. O […]