Guatemala pobre Costa Rica rica: por quê?

*escrito com Felipe Augusto

A Costa Rica se destaca quando comparada a seus vizinhos centro-americanos, mas o que explica a excepcionalidade costarriquenha. Provavelmente o fato mais importante tenha sido a posição periférica do país no Império colonial espanhol. A posição periférica da Costa Rica decorria justamente da ausência de metais preciosos ou de outros recursos. De acordo com Acemoglu e Robinson (2019), isso permitiu ao país evitar a imposição das instituições extrativistas do Império. Já a Guatemala, bem mais ao norte, era o centro da administração colonial. Enquanto as plantações de café levaram ao surgimento de uma poderosa elite agrária na Guatemala, o que acabou gerando coerção laboral e desigualdade, o cultivo foi proibido na Costa Rica. Com a independência, as terras eram tão abundantes que o governo empreendeu um processo de ocupação similar ao que ocorreu nos EUA: concessão de terras públicas a pequenos proprietários. Isso garantiu uma distribuição de terras muito mais igualitária, algo incomum no continente. Suas condições iniciais, portanto, eram muito mais favoráveis ao desenvolvimento. Mas e seu desempenho de longo prazo? A Costa Rica quase sempre foi mais rica que o Brasil, mas a diferença se reduziu. Desde que o exército foi extinto, o país cresceu 2,2% ao ano. O Brasil, 2,4%. Apesar das melhores condições iniciais, mesmo indicadores sociais não se destacam significativamente. O Índice de Desenvolvimento Humano da ONU, que leva em consideração a expectativa de vida ao nascer e a média de anos de escola, coloca o país na 68ª posição. O Brasil é 79º. Pequena e sem recursos estratégicos, a Costa Rica somente chamará a atenção caso se torne um foco de instabilidade regional. Assim, pode até pensar em se desenvolver de forma associada, contando com o policiamento da marinha americana. Pelo menos até certo ponto… Em 1986, a CIA construiu um aeroporto em território costarriquenho sem avisar o governo, procurando criar uma frente sul para derrubar os Sandinistas na Nicarágua. O governo da Costa Rica retomou a área, e os EUA revidaram proibindo empréstimos de organizações internacionais.

Algumas fontes:

Recursos naturais: The Changing Wealth of Nations 2018 (Banco Mundial)

Renda per capita: Maddison Project

História da Costa Rica: The Narrow Corridor (2019)

Aeroporto da CIA: Point West: The Political History of the Guanacaste National Park Project (2016)

Faltam obras do grande Ciro Cardoso: “Historia económica del café en Centroamérica (siglo XIX): estudio comparativo”,1975.

-La formación de la hacienda cafetalera costarricense en el siglo XIX (1972). entre outros textos

Nytimes sobre Guatemala histórica:

1 thought on “Guatemala pobre Costa Rica rica: por quê?”

  1. Não entendi muito o objetivo do artigo. Primeiro diz que a Costa Rica tem um perfil diferente dos vizinhos em termos de desenvolvimento econômico-social, citando a Guatemala como exemplo, mas se conclui que a Costa Rica se comparada com o nosso Brasil de merda, não é lá muito diferente?

Deixe uma resposta