Inflação do IPCA de fevereiro acima do esperado

Breve análise sobre o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado recentemente, referente ao fechamento do mês de fevereiro. O índice registrou 0,83%, superando as expectativas de 0,78%. Vale destacar que a meta de inflação é de 3%, sendo a educação o principal destaque, com um aumento expressivo, principalmente nos cursos regulares, que subiram 6%, e também no ensino médio para escola e creche. A alta nos serviços, em geral, também contribuiu para o aumento do índice comparado ao mês anterior, sendo influenciado por ajustes sazonais, como os reajustes nas mensalidades escolares no início do ano. Apesar desses desafios, algumas boas notícias podem ser identificadas no IPCA. Os serviço subjacentes, caracterizados pela menor volatilidade, apresentaram uma desaceleração, passando de 0,76% em janeiro para 0,44%. Além disso, a dispersão das altas, medida pelo índice que caiu de 65% para 57%, sugere uma menor generalização dos aumentos. No entanto, mesmo com esses pontos positivos, o índice global é considerado desfavorável, com uma inflação de 0,83%, marcada por aumentos significativos nos setores de transporte (quase 3%) e alimentos (0,95%). Esse cenário pode impactar as decisões do Banco Central, que pode reconsiderar a indicação futura de cortes de 0,50%, bem como a permanência do chamado “forward guidance”. Em resumo, apesar das boas notícias em relação aos serviços subjacentes e à dispersão das altas, o índice geral demonstra uma inflação considerável para o mês de fevereiro.

Deixe uma resposta