Livro novo no forno! Brasil, uma economia que não aprende

*escrito com Andre Roncaglia



1.Introdução

Da indústria para o uber no Brasil


2. O segredo da riqueza das nações está na fábrica de alfinetes

Divisão do trabalho e retornos crescentes de escala

Desenvolvimento balanceado ou desequilibrado?

Bangladesh e Vietnã

O setor de serviços


3. Breve história da origem do pensamento sobre desenvolvimento econômico         

List contra Ricardo

As manufaturas da Nova Inglaterra

Aço na Coreia do Sul

Navios na Coreia e China


4. Um mundo com centro e periferia

Países ricos são industrializados e países pobres são primário-exportadores

O café no Brasil

O mercado de cosméticos no mundo


5. Quem sai na frente costuma ganhar o jogo industrial

Redes produtivas e dinâmicas de aglomeração

Shenzen

Mittlestand na Alemanha


6. Estruturas produtivas sofisticadas enriquecem países

Complexidade econômica e sofisticação produtiva

A escada tecnológica

Hubs de conhecimento

Diversificação produtiva gera complexidade

Política industrial para sofisticação produtiva


7. Redes complexas são necessárias para se produzir bens sofisticados

Educação não é tudo o que precisamos para alcançar o desenvolvimento econômico

Externalidades em rede e topocracias

Ataris e supercomputadores


8. A sofisticação produtiva depende da geração e acúmulo de ideias

As ideais de Paul Romer

Produzir conhecimento não é tarefa para qualquer um

O capital humano se distribui de forma desigual entre atividades


9. Os países ricos têm alto conteúdo tecnológico proprietário

Setor automobilístico na China, México e Brasil

Gurgel

Automóveis na Índia

A incrível sofisticação produtiva da China


10. O desenvolvimento econômico depende da ação do estado e do mercado

Novo Desenvolvimentismo

A política econômica cujo nome não pode ser pronunciado

O Estado empreendedor

Israel, Singapura e Irlanda

Os campeões internacionais da China


11. Economias complexas são menos desiguais

Gini, complexidade e desigualdade

A curva de Kuznets

Desigualdade e crescimento econômico


12. Erros e acertos no Brasil

Zona Franca de Manaus

Embraer

Weg

A lei dos genéricos


13. Conclusão

Produzir bananas é diferente de produzir carros

Política industrial para o século XXI


14. Apêndice: Manufaturas no mundo


15. Referências Bibliográficas


Cadastre seu e-mail aqui no BLOG para receber informações sobre o lançamento!

12 thoughts on “Livro novo no forno! Brasil, uma economia que não aprende”

  1. Oi Paulo.
    Sou José Celso Cardoso Jr do Ipea
    Preciso falar contigo.
    Me passa um email ou zap por favor..
    ou envia uma.msg pra mim
    Desde logo agradeço
    Abçs
    ZC
    zcelsojr@gmail.com
    61 999860480

  2. Oi Paulo, tudo bem?
    Sou mestrando em Economia Política Mundial na UFABC e meu tema de pesquisa é o processo de falling behind da indústria têxtil brasileira a partir da década de 1980. Enquanto a China decuplicou suas exportações no período de 1980 a 2017, o Brasil manteve um percentual de apenas 0,8% das exportações globais, apesar de estar entre os 10 grandes produtores têxteis nesse mesmo período.
    Seu livro vale ouro para costurar esse processo de desenvolvimento truncado brasileiro e o catching up da indústria asiática. Como posso adquiri-lo?
    Abraço e obrigado!
    Fábio Meneses
    (11)99160-0206
    fabio.meneses@ufabc.edu.br

  3. Excelente proposta e provocacao o livro. Espero poder ler, ou até participar do curso.
    Uma dica bacana que imagino ter Integraçao com o tema do livro é brincar com a ferramenta http://atlas.cid.harvard.edu/ que me parece muito correlata ao livro. Abs

  4. bom dia, por coincidencia hoje cedo vi sua entrevista no jornal da band news, parabens… e lendo o valor de hoje vi o anuncio desse livro, parabens pela iniciativa. abraço

  5. Muito bom dia Paulo. estava lendo spbre seu livro no valor de hoje. gostaria comprar 3 . como faço?

Deixe uma resposta