A McDonnell Douglas caiu no colo da Boeing: a vida como ela é na indústria aeronáutica!

A história da empresa McDonnel Douglas ilustra bem o funcionamento da indústria americana (tendência a oligopólios e monopólios) e o papel do estado americano no fomento dessas empresas através das verbas de defesa do Pentágono. A McDonnel Douglas foi uma fabricante de aviões americana resultante da fusão da McDonnel e da Douglass em 1968. Entre a decada de 50 e 60 a Douglas era uma das maiores fabricantes de aviões comerciais do mundo, fabricando clássicos como o DC-3, DC-8, DC-9 e DC-10. Já a McDonnell era uma fabricante de aviões militares. Ambas as companhias fusionaram-se devido a problemas econômicos da Douglas. Após a fusão, a companhia tornou-se uma das maiores fabricantes de aviões comerciais e militares do mundo, lançando modelos como o F-15, o MD-80 e MD-90, MD-11 e MD-90. Porém, a companhia continuou a sofrer economicamente, acabando por ser comprada pela Boeing por 13 bilhões de dólares, em 1996. História bem parecida ocorreu com a Lockheed Martin. Imagina se seria possível para uma empresa estrangeira adquirir alguma dessas empresas americanas que passaram por dificuldades?

Ver abaixo:

1,5 trilhoes de dolares gastos no F-35:

The F-35 Fighter Jet Will Cost $1.5 Trillion. It’s Time for New Priorities.

F117- Night Hawk

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Lockheed_F-117_Nighthawk

Lockheed Martin

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Lockheed_Martin)

U2

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Lockheed_U-2

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Northrop_Grumman_B-2_Spirit

Northrop Grumman:

A Northrop é a fabricante original dos F-5, que lá eram treinadores avançados supersônicos e aqui são até hoje nossa principal aeronave de interceptação e caça.

No colo da Boeing:

Douglas, MacDonnel, Convair, Lockheed, Northrop, Grumman, General Dynamics, Martin. EUA jamais permitiria qualquer empresa vinculada à aviação ou complexo industrial de defesa ser adquirida por estrangeiros.

Documentário

https://m.youtube.com/watch?feature=youtu.be&v=rvkEpstd9os

Deixe uma resposta