O governo americano ajudou a criar a internet, o forno microondas, os computadores pessoais e os semicondutores

Ao sustentar a IBM com contratos militares, com destaque para equipamentos necessários para o bombardeiro B52 usado na guerra do Vietnã, o Governo americano praticamente salvou a empresa de quebrar (ver também a história do sistema Aéreo de defesa SAGE https://en.m.wikipedia.org/wiki/Semi-Automatic_Ground_Environment ). A NASA investiu mais 4% do PIB americano nos anos 60 para ajudar companhias privadas necessárias ao programa especial e a chegada do homem à lua, ajudando a criar a indústria de semicondutores (https://www.google.com.br/amp/s/www.computerworld.com/article/2525898/app-development/nasa-s-apollo-technology-has-changed-history.amp.html). Investimentos públicos semelhantes foram feitos no surgimento da indústria nuclear americana através da contratação de submarinos nucleares( http://www.world-nuclear.org/information-library/non-power-nuclear-applications/transport/nuclear-powered-ships.aspx )

*ref: The Idea of Complexity, David Warsh, 1985

Iphone, Embraer e Concorde: o que há em comum?

Airbus e Boeing: investimento público e o papel do estado na inovação tecnológica

O governo americano ajudou a inventar o forno microondas

Hamilton e a tradição protecionista dos EUA

ainda hoje, isso é produtividade, via governo americano americano: https://ffw.uol.com.br/noticias/tecnologia/conheca-o-robo-que-vai-confeccionar-800-000-camisetas-por-dia-para-a-adidas/?fbclid=IwAR1qFf3KXkGyyeMkZI5wwdAQcnK0iRci07J39NZtn-_3PyHQVFeh3XNwUD4

1 thought on “O governo americano ajudou a criar a internet, o forno microondas, os computadores pessoais e os semicondutores”

Deixe uma resposta