O governo da Holanda ajudou com subsídios durante anos uma empresa campeã nacional que depois seria essencial para a indústria de microchips no mundo

*escrito com Felipe Augusto

Essa máquina custa o equivalente a um avião da Boeing, U$120 milhoes! Conheça a ASML, a empresa mais imprescindível da cadeia global de eletrônicos. Produtora de máquinas fotolitográficas, passou décadas em dificuldades e foi salva por subsídios holandeses. Seu primeiro Protótipo de produção saiu em 2006 mas a máquina só foi comercializada em 2018! hoje 1/3 das receitas da empresa vem dessa maquina (EUV). A empresa faz um processo altamente complexo e sofisticado de usar a luz pra ajudar na produção e desenho de circuitos integrados. Suas concorrentes são a Nikon e Cânon. Hoje vale mais que Volkswagen, Siemens e Airbus e domina o mercado. Os três maiores produtores de chips do mundo dependem dessa empresa: Intel nos EUA, Samsung na Coreia e TSMC em Tawain.

Bom relato sobre a TSMC, empresa taiwanesa que se especializou em uma das atividades produtivas mais complexas que existem, a fabricação de semicondutores, e da qual depende grande parte das maiores empresas globais, incluindo rivais como Apple e Huawei

https://amp.economist.com/christmas-specials/2019/12/18/a-look-inside-the-factory-around-which-the-modern-world-turns?__twitter_impression=true

Fotolitografia:

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Photolithography

materia na revista The Economist:

https://amp.economist.com/business/2020/02/29/how-asml-became-chipmakings-biggest-monopoly

Deixe uma resposta