O jogo de tabuleiro do desenvolvimento econômico!

Podemos imaginar o processo de desenvolvimento econômico dos países como um jogo de tabuleiro no mapa abaixo; não um jogo de soma zero pois ao participar do comércio mundial países trazem ganhos mútuos de especialização e eficiência. Nesse jogo são vencedores os países que chegam nas casinhas do centro; vários países podem co-habitar a mesma casinha. Perdem os países que ficam nas casinhas da periferia. Cada bolinha (ou casinha) é um produto do comércio internacional. Os produtos do centro são as casinhas mais difíceis de ocupar (maquinário, carros, química fina, mecânica de precisão, etc). As casinhas da periferia são minerais, produtos energéticos e agrícolas; casinhas relativamente fáceis de ocupar. As casinhas ocupadas pelos países são suas vantagens comparativas reveladas. A casinha ao lado são as vantagens comparativas adjacentes. Existem vantagens comparativas adjacentes na direção do centro e da periferia; o problema é que em direção ao centro fica mais difícil ocupar casinhas (barreiras a entrada, conteúdos tecnológicos proprietários, Learning by doing, etc). A tentação dos países pobres é continuar nas suas próprias casinhas (da muito lucro) ou caminhar nas casinhas em direção a periferia (mais fácil). Conquistar o centro e se desenvolver não é trivial!

https://www.paulogala.com.br/o-atlas-da-complexidade-economica-um-novo-breakthrough-empirico-para-os-economistas-estruturalistas/

Deixe uma resposta