O Rally do juro zero na Bolsa

Teremos quedas expressivas nos PIBs das economias mundiais em 2020. A estimativa é de queda superior a 7% no Brasil, nos EUA e Europa. O desemprego também atingirá patamares bastante altos nos próximos meses, no Brasil acima de 15%. No Brasil, que estávamos em um momento de início de recuperação econômica, teremos um deterioramento grande do lado fiscal em virtude dos pacotes de ajuda para todos os setores da economia. Nosso déficit nominal deverá chegar a 1 trilhão de reais em 2020. Porém, sem pressão inflacionária e baixa demanda, os juros devem permanecer muito baixos com Selic na casa abaixo dos 3% durante um bom tempo. Os ativos financeiros passam por grande rally por conta desse derretimento dos juros no Brasil e no mundo. Vivemos hoje o Rally do juro zero.

3 thoughts on “O Rally do juro zero na Bolsa”

  1. Professor Paulo,

    Com todo respeito e admiração a todo conteúdo e conhecimento compartilhado em suas postagens, gostaria de entender, e perdoe-me aqui pela ignorância, mas o Brasil, antes da Pandemia estava de fato em início de recuperação?

    Tentando ser imparcial, o que é muito difícil, e pelo que me lembro nos meses imediatamente anteriores à propagação da Covid-19, o que eu percebia do comércio local (entendo a limitação da minha visão) era de desemprego crescente em vários setores da economia.

    Não escrevo para afrontá-lo, mas para entender e aprender de quem pesquisa e tem gabarito no assunto.

    Acompanho com frequência suas matérias.

    Atenciosamente,

    Lyu.

  2. Ola Paulo, com essa situação, provavelmente teremos um ataque especulativo contra as reservas em dólares? Vai ser muita pressão para elevar o dólar apostando que o banco irá queimar as reservas?

Deixe uma resposta