Países que produzem apenas bens agrícolas e minerais são os mais desiguais do mundo: o caso do Paraguai

O Paraguai é um dos países mais pobres e desiguais da América Latina. O grande destaque da economia paraguaia são os produtos agrícolas, soja principalmente. Países que se especializam no mundo em produzir apenas bens agrícolas e minerais são os mais desiguais. Em relevante trabalho sobre o tema Hartmann et al fazem um incrível raio x da economia paraguaia: apontam possíveis caminhos de diversificação produtiva, catapulta para o desenvolvimento econômico! (Máquinas agrícolas e alimentos processados por exemplo)

paper aqui: https://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=3346790

Noruega, Austrália, Canada e Nova Zelândia

5 thoughts on “Países que produzem apenas bens agrícolas e minerais são os mais desiguais do mundo: o caso do Paraguai”

  1. Nem sempre isso é verdade. Veja o caso do Chile. Devem existir outros. Então, a pergunta natural: O que o Paraguai não fez que o Chile e outros fizeram? Uma resposta inicial seria : ajustes na estrutura produtiva de forma a manter oportunidades para a população, inclusive com politica de salário mínimo “consistente”. Veja o caso brasileiro. O que fizemos para dar conta de problemas criados na agricultura com o apoio à monocultura e uso intensivo de politica de modernização do campo? Nada, por isso tanta miséria. Ainda , para o caso brasileiro, dá tempo de fazer algo. Um programa de apoio a essa turma nunca foi feito no Brasil. Imagino que 3 trilhões poderia ajudar uns 120 milhões de pessoas. Em dez anos, poderíamos ter resolvido o problema da desigualdade chocante e miséria inaceitável. O programa ficaria na ordem de 300 bilhões ano. Como esse programa colocaria uns 30 a 40 milhões de pessoas na formalidade teria um efeito positivo imediato nas contas previdenciárias, sem falar no aumento de tributos e bem estar social.

  2. Pois a maioria das exportações da Austrália são produtos primários, mas ao mesmo tempo esta configura como o 3º maior IDH do mundo, assim como a 5ª maior renda per capita e um GINI de 34.7, que é menor do que alguns países industrializados como os EUA e é um GINI relativamente baixo.

Deixe uma resposta