Relatório JOLTS mostra mercado de trabalho mais fraco nos EUA

Mais um dia de queda para a Bovespa, que atingiu a mínima do ano, com uma saída significativa de investidores estrangeiros, totalizando mais de R$ 30 bilhões. Essa queda pode ser explicada em parte pela queda nos preços do minério de ferro e do petróleo, este último na mínima dos últimos quatro meses. A Bovespa está sofrendo com a queda das commodities e com os juros altos. A curva de juros brasileira, com taxas acima de 10%, mudou nosso cenário, que antes era mais otimista. A Selic, na melhor das hipóteses, pode cair para 10%, mas possivelmente ficará em 10,5% por mais alguns meses, empurrando toda a estrutura de juros para cima. Os juros longos chegaram a quase 12%. Há um pessimismo generalizado com o Brasil devido à situação fiscal e à convergência da inflação em relação à meta, com desancoragem de expectativas, apesar de dados concretos positivos. O PIB cresceu 0,8% no primeiro trimestre de 2024, em linha com o esperado, o desemprego está baixo, e o resultado fiscal dos primeiros quatro meses do ano foi relativamente bom. No entanto, o pessimismo no mercado financeiro é grande. Os ativos financeiros estão sofrendo, e o Brasil está descolado do resto do mundo, especialmente das bolsas americanas, que estão em máximas históricas. Dados promissores sobre o mercado de trabalho americano mostram uma aproximação da relação de vagas abertas por número de desempregados para um, que é o teto histórico dos últimos 60 anos. Atualmente, os Estados Unidos têm aproximadamente 6,492 milhões de desempregados e 8,059 milhões de vagas abertas, uma relação de 1,24 vaga por desempregado, o menor nível desde a pandemia. Esses números são monitorados pelo Fed para considerar cortes na taxa de juros. Os últimos dados de atividade econômica dos EUA, incluindo os índices PMI e ISM, têm sido fracos, indicando uma desaceleração econômica. Para o Brasil, um corte de juros pelo Fed poderia ajudar a melhorar a perspectiva econômica, que foi prejudicada pela mudança de cenário global.

Deixe uma resposta