Turbinas de jatos Embraer made in Brasil (os EUA não deixam)

*escrito com Paulo A Franke

O motor GE CF34-10E é o motor dos Embraer 190/195 geração E1. Em 2012, a montagem final desse motor foi assumida pela GE CELMA, em Petrópolis – RJ. 400 motores foram montados e testados na CELMA. A geração E2 dos Embraer 190/195 utiliza motores Pratt & Whitney, importados completos dos EUA. Existe a possibilidade de o motor CF34-10 ser utilizado na modernização e remotorização dos bombardeiros B-52. Um dos requisitos da competição para a escolha do motor é ser completamente Made in America. Se fosse montado no Brasil estaria fora da concorrência. A montagem final e teste de produção no Brasil seria considerado inaceitável no programa B-52. Só que todo motor comercial da GE tem por contrato 30% de conteúdo japonês, da IHI – Ishikawajima Harima Industries; normalmente módulos menos ‘nobres’ tecnologicamente. A Força Aérea americana faz ‘vistas grossas’ a essas cooperações internacionais, sabem que um motor comercial 100% americano, para uso militar, não existe.

https://blog.geaviation.com/product/homecoming-for-the-cf34-10/

Deixe uma resposta