Para ganhar dinheiro na Bolsa: siga W. Buffet e compre monopólios!

Warren Buffet adora monopólios, odeia concorrência. Virou o segundo homem mais rico dos EUA se concentrando em comprar ações de empresas com poder de monopólio. Bill gates tem um dos maiores monopólios do mundo: a Microsoft. Jeff Besos tbem, a Amazon e Jack Ma tem o Ali Baba. Os dois primeiros tem Patrimônio pessoal na […]

Caçando bolhas financeiras no mundo!

Vale a pena ler o livro BoomBustology de Vikram Mansharamani, professor de Yale e practitioner do mercado acionário. Mais um livro que trata de bolhas é verdade. Não chega nem perto do clássico Crashes, Manias and Panics do Kindleberger, mas ainda assim vale a pena ler. A analise da possível bolha chinesa é interessante. E […]

Um mundo afogado em dívidas

O mundo desenvolvido não consegue crescer na velocidade de outros tempos, o desemprego europeu é enorme, os empregos criados nos EUA desde 2008 remuneram mal e a participação dos americanos na forca de trabalho ainda e’ baixa para padrões históricos. Os países emergentes não conseguem crescer para atingir o grupo de economias desenvolvidas: Brexit e […]

Breve história do monopólio do petróleo no Brasil. Vamos vender tudo para “os gringos”?

*escrito com Isabella Lofrano Atualmente, 95% do petróleo brasileiro refinado é produzido nas 12 refinarias da Petrobras, o que configura, na prática, um monopólio de fato e não de jure. Lembrando que a cadeia petroquímica é muito relevante sob a ótica da complexidade tecnológica. Com isso, abrir mão das refinarias contribuirá para o enfraquecimento da […]

Política cambial e Desenvolvimento Econômico na China

O câmbio subvalorizado chinês foi parte de uma estratégia que vem dando certo já desde os anos 80. Ao promover a competitividade de seus produtos, o governo chinês foi capaz de implementar, junto com outras políticas, um enorme upgrade na indústria. Esse modelo de crescimento puxado por exportações tem funcionado muito bem, como aliás funcionou […]

Monetaristas (ortodoxos) contra Desenvolvimentistas (heterodoxos)

Existem no país hoje, e desde sempre, duas grandes correntes de economistas com visões de mundo bem distintas acerca do desenvolvimento e crescimento. Para o grupo dos ortodoxos ou monetaristas, o desenvolvimento econômico tende a ser um processo natural e que depende basicamente de boas políticas internas, tais como: governo parcimonioso que não tribute demais, […]

Memórias de um latino-americano! Crises cambiais nos 90 foram abundantes

Me lembro bem do final de 1994, início de 1995. O plano real acabava de ser lançado e a economia mexicana estava prestes a quebrar. Fruto de uma âncora cambial para acabar com a inflação implantada em 1987, o peso mexicano estava completamente fora do lugar. Sobrevalorizado e sofrendo um enorme ataque especulativo. O aumento […]

Quando será a próxima crise? Como saber se a economia está acelerando ou desacelerando

Uma das informações mais importantes para economistas e investidores em geral é o nível de atividade econômica de uma país. Estamos acelerando ou desacelerando? Para antecipar o comportamento da bolsa, de preços de títulos e da taxa de câmbio os economistas e financistas acompanham diariamente o pulso de todas economias do mundo. Mas afinal de […]

O jogo do confidence building para atrair financiamento externo

Começou na Europa e não funciona. Já vimos isso aqui na América Latina. Os mercados não acreditam na sustentabilidade da dívida e começa uma corrida contra a moeda e contra os títulos públicos. México 1994, Brasil 1998 e Argentina 2001. Os reis do “confidence building” por aqui eram Menem e FHC. Me lembro bem das […]

Moedas commodities sofrendo em 2015

2015 foi um ano marcado por banho de sangue nas moedas emergentes, não só Brasil. A desaceleração chinesa, o derretimento do preço do petróleo e a queda de preço do mineiro de ferro e outras commodities pegou em cheio as econômias emergentes. Colômbia, Chile e Indonésia passaram tbem por fortes desvalorizações, não foi só o […]

Os Estados Unidos são o oásis de juros do mundo rico

Vivemos ainda um superciclo de expansão de liquidez por conta das respostas à crise de 2008. Um ciclo que sucedeu o ciclo de Greenspan turbinado pela redução das taxas de juro no rescaldo do estouro da bolha pontocom. Além disso houve no inicio dos 2000 a reciclagem dos superávits asiáticos, especialmente China, reinvestindo seus capitais […]