A China consome quase metade das commodities do mundo!

Em 15 anos o consumo de commodities metálicas e de carvão na China superou todo o consumo do resto do mundo! Os preços explodiram e forçaram a América latina e África à se especializarem ainda mais na produção desses bens. O processo de desindustrialização se agravou, especialmente no Brasil. Ver China a hora da verdade

Para entender as grandes depressões no mundo rico

O gráfico abaixo mostra os balanços das famílias, empresas governo americano e estrangeiros em termos de renda e gasto a partir de dados das contas nacionais. Para as famílias são salários menos consumo; para empresas lucros menos investimentos; para governos tributos menos gastos públicos e para estrangeiros exportações menos importações. Quem esta abaixo da linha […]

A economia da bolha

Numa típica bubble economy os preços de imóveis disparam, a bolsa sobe muito e o déficit em conta corrente abre. O câmbio sobrevaloriza. Os não-transacionáveis (terra e trabalho) ficam muito caros e os transacionáveis manufaturados do exterior (carros, eletrônicos, geladeira, fogão) ficam muito baratos em relação aos da indústria doméstica. As importações voam e as […]

Caçando bolhas financeiras no mundo!

Vale a pena ler o livro BoomBustology de Vikram Mansharamani, professor de Yale e practitioner do mercado acionário. Mais um livro que trata de bolhas é verdade. Não chega nem perto do clássico Crashes, Manias and Panics do Kindleberger, mas ainda assim vale a pena ler. A analise da possível bolha chinesa é interessante. E […]

Para entender sobrevalorização cambial

Um câmbio muito apreciado significa preços de bens transacionáveis muito baixos em reais. Ou seja, preço da soja, ferro, sapato, carro, avião, brinquedos, maquinas, café, milho e assim por diante. Tudo que é vendido no mercado mundial. Significa também que o preço dos não transacionáveis fica muito elevado em termos relativos, especialmente salários e imóveis. […]

A crise da conversibilidade na Argentina: 1990 a 2002

No final de 2001 as taxas de juros pagas pelos títulos da divida externa Argentina se aproximavam de 50%, bem parecido com o caso grego. Cavallo havia voltado para o governo em 2001 para tentar consertar as trapalhadas do plano de conversibilidade que mergulhava agora a Argentina numa recessão enorme. A moeda estava sobrevalorizada e […]

Uma crise em várias rodadas

A rigor a crise americana começou no final de 2007. Me lembro bem daquela capa da revista The Economist com um tubarão nadando embaixo da frágil economia, pronto para atacar. Se bem me lembro a capa era de novembro de 2007 e acertou em cheio na previsão da crise. No final desse ano o preço […]

A recuperacao americana: “normalização” ou “japanizacao”?

Os Estados Unidos tentam até hoje sair de uma “balance sheet stagnation”, que é o resultado de longos e profundos ciclos de expansão de crédito que derrubam o PIB e depois tendem a caminhar para uma relativa estagnação. Em uma situação dessas, o principal motor da economia passa a ser a minimização de dívidas. Nesse […]

Desequilíbrios intra-setoriais nos EUA e UK

O gráfico abaixo mostra os balanços das famílias, empresas governo americano e estrangeiros em termos de renda e gasto a partir de dados das contas nacionais. Para as famílias são salários menos consumo; para empresas lucros menos investimentos; para governos tributos menos gastos públicos e para estrangeiros exportações menos importações. Quem esta abaixo da linha […]

O “novo normal” (ou estagnação secular) não acaba porque ninguém quer gastar: estão todos endividados!

O gráfico acima mostra os balanços das famílias, empresas governo americano e estrangeiros em termos de renda e gasto a partir de dados das contas nacionais. Para as famílias são salários menos consumo; para empresas lucros menos investimentos; para governos tributos menos gastos públicos e para estrangeiros exportações menos importações. Quem esta abaixo da linha […]

Os desequilíbrios da China

O modelo chinês de crescimento replicou a estrategia de sucesso do Japão do pós-guerra, da Coréia do Sul e Taiwan dos anos 70 e 80 e de Malásia, Indonésia e Tailândia nos 90. Câmbio competitivo e exportações de manufaturas para a economia mundial. Transferência de trabalhadores do campo para o setor industrial com ampla ajuda e […]

Renda per capita e complexidade econômica

Seguindo a metáfora de C. Hidalgo e R. Hausmann, o desenvolvimento econômico pode ser entendido com o uso do brinquedo lego (atlas da complexidade econômica, criado numa parceria entre o Media Lab do MIT e a Kennedy School de Harvard, http://atlas.media.mit.edu/). São ricos e desenvolvidos aqueles países que possuem muitas peças de Lego e são […]

Para ganhar dinheiro na Bolsa: siga W. Buffet e compre monopólios!

Warren Buffet adora monopólios, odeia concorrência. Virou o segundo homem mais rico dos EUA se concentrando em comprar ações de empresas com poder de monopólio. Bill gates tem um dos maiores monopólios do mundo: a Microsoft. Jeff Besos tbem, a Amazon e Jack Ma tem o Ali Baba. Os dois primeiros tem Patrimônio pessoal na […]

Um mundo afogado em dívidas

O mundo desenvolvido não consegue crescer na velocidade de outros tempos, o desemprego europeu é enorme, os empregos criados nos EUA desde 2008 remuneram mal e a participação dos americanos na forca de trabalho ainda e’ baixa para padrões históricos. Os países emergentes não conseguem crescer para atingir o grupo de economias desenvolvidas: Brexit e […]